Quinta, 06 de Agosto de 2020
+595 98274 5952
Cultura cultural

Comunidade indígena doa alimentos cultivados para pessoas afetadas pelo Covid-19

Comunidade indígena doa alimentos cultivados para pessoas afetas pelo Covid-19

27/04/2020 12h14 Atualizada há 3 meses
1.008
Por: administrador Fonte: poranews
Comunidade indígena doa alimentos cultivados para pessoas afetadas pelo Covid-19

Solidariedade vinda de todos os lados. Se isso não é lição de vida, eu não sei o que é.

 

 

A situação não está nada fácil em tempos de coronavírus. Ainda não sabemos ou temos previsão de quando tudo isso vai passar e muita gente se encontra em sérios problemas não só de saúde, mas também financeiro. Não tendo nem o que comer muitas vezes. Felizmente, existem pessoas dispostas a ajudar e lançar um pouco de luz sobre tudo o que está acontecendo no mundo.

 

No caso abaixo, diferentes comunidade indígenas estão doando alimentos cultivados para pessoas que foram afetadas por conta do Covid-19.

 

Asociación Costa Rica Azul

A comunidade indígena Bribi, em Talamanca de Limón, na Costa Rica, é um desses exemplos de solidariedade ao, com enorme coração, participar da doação de bananas, mandiocas e outros produtos a serem embalados em cestas básicas que estão sendo distribuídas para quem está em situação difícil por todo o país.

 

Outras comunidades indígenas da Costa Rica também participaram da contribuição, tais como Amubri, Suiri, Cuaska, Coroma, Sepeque, Yorkim e Bambú. Os alimentos recolhidos foram alocados para diferentes partes do país.

 

Todos eles foram organizados e devidamente entregues através da Fundação Lloverá, que faz parte do acordo que as comunidades fizeram com a associação Costa Rica Azul, a responsável pela distribuição emergencial no país.

 

Asociación Costa Rica Azul

A Lloverá Comida Foundation está atuando desde o começo da crise em Porto Rico pela plataforma #SúperSolidario.

 

No site da fundação, qualquer um pode acessar e fazer uma doação em dinheiro ou comprando caixas de alimentos de diferentes quantidades.

 

“Através dos centros comunitários, dividimos os recursos para essa população carente (…) nos comitês cantonais de emergência vinculados aos municípios. Reunimos os jornais em um centro de tratamento Hogares Crea, eles estão fazendo essas caixas para famílias carentes, em vez de pedir dinheiro, estão fazendo isso”, diz no site.

 

Asociación Costa Rica Azul

Ao todo, mais de 145 mil famílias já foram ajudadas com esse lindo gesto de solidariedade.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.