Quinta, 06 de Agosto de 2020
+595 98274 5952
Política POLITICA

Vereadores cobram explicações da Sanesul sobre constantes cortes no fornecimento de água em Ponta Porã

Vereadores cobram explicações da Sanesul sobre constantes cortes no fornecimento de água em Ponta Porã

09/05/2020 11h49
510
Por: administrador Fonte: acidade
Vereadores cobram explicações da Sanesul sobre constantes cortes no fornecimento de água em Ponta Porã

A sessão ordinária de terça-feira, 05 de maio, na Câmara Municipal de Ponta Porã, foi marcada pela presença do gerente regional da Sanesul, Alyson Gomes da Fonseca.

O dirigente da empresa esteve na Câmara atendendo solicitação dos vereadores, já que muitos moradores de Ponta Porã estão reclamando da constante falta de água em diversos bairros, especialmente da zona norte da cidade.

O gerente explicou que o problema começou no Carnaval, quando ocorreu um temporal na cidade causando a queima de uma bomba instalada num super poço de grande profundidade (370 metros) e vazão de água responsavel por 40% do abastacimento da cidade.

A ida do gerente da Sanesul à Câmara Municipal foi a forma encontrada pelos vereadores para que a empresa prestasse esclarecimentos sobre a situação que tem provocado insatisfação de muitos moradores de Ponta Porã.

“Imediatamente providenciamos a troca da bomba queimada por outra. Ocorre que o novo equipamento também queimou e, tivemos que providenciar uma alternativa para garantir a sucção da água e a consequente distribuição aos nossos clientes. Trata-se de uma situação atípica e, por isso, demorou mais do que o normal para a regularização da situação. Posso garantir que fizemos e estamos fazendo o maior esforço para que a população não seja prejudicada”, afirmou Alyson, na Tribuna da Câmara Municipal.

Aberto aos questionamentos dos veredores, o gerente da Sanesul informou que a empresa colocou em ação um plano de contingência para não deixar faltar água nos bairros da região norte como Planalto, Residencial I e II, entre outros. “Temos três super poços na cidade para atender mais de 25 mil clientes. O abastecimento é feito por uma rede de mais de 800 mil metros de extensão”, informou.

Os vereadores efetuaram diversos questionamentos e também opinaram sobre a situação. O presidente da Casa, Rony Lino Miranda agradeceu ao gerente por ter prestado os esclarecimentos e garantiu que os 17 vereadores continuarão atentos ao problema. “A população nos cobra constantemente, querendo, em com razão, respostas para os problemas no abastecimento de água. Vamos continuar fazendo o nosso papel de representantes do povo que é buscar as informações corretas e cobrar as providências por parte dos responsáveis. Os consumidores não podem ser penalizados, principalmente nesta época de pandemia quando muita gente está em casa, por conta do isolamento social, e precisa da água diariamente”, declarou Rony Lino.

PANDEMIA

Diante do registro de um novo caso de Covid-19 na cidade, os parlamentares também abordaram o tema nos seus pronunciamentos. A Câmara Municipal tem se mostrado a favor de todas as ações de prevenção à pandemia do novo coronavirus. As sessões, por exemplo, ocorrem com todos os cuidados determinados pelo Ministério da Saúde, evitando aglomerações e tanto vereadores, quanto servidores, mantendo a higienização do ambiente, o tempo todo.

Os parlamentares estão acompanhando atentamente as ações desenvolvidas pelas autoridades de saúde e também fazem sugestões. Uma das preocupações é com relação ao afrouxamento das medidas. Os vereadores alertam a população para que não haja relaxamento: “devemos evitar aglomerações, cuidar da limpeza e, quem precisa sair de casa, deve usar máscara para se proteger e também não ajudar na propagação do vírus”.

Uma das preocupações apresentadas nos pronunciamentos foi com relação às filas nas agências bancárias, especial na Caixa Econômica Federal que está pagando os benefícios do governo federal. Os vereadores sugeriram ao prefeito Hélio Peluffo Filho o oferecimento de parte da estrutura do serviço público municipal como os serviços de saúde para ajudar a Caixa a atender a população obedecendo as normas de prevenção

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.