rastreamento
policial

MENOR IRRESPONSÁVEL PEGA CARRO E EM ALTA VELOCIDADE COLOCA EM RISCO A VIDA DE OUTROS

MENOR IRRESPONSÁVEL PEGA CARRO E EM ALTA VELOCIDADE E COLOCA EM RISCO A VIDA DA POPULAÇÃO

20/05/2020 15h20Atualizado há 2 semanas
Por: administrador
Fonte: poranews
2.191

Por volta das 23 horas de ontem, dia 19, em Ponta Porã, uma equipe da Força Tática do 4º BPM se deparou com um veículo Toyota/Corolla transitando pela rua Marechal Floriano em alta velocidade, no sentido Norte-Sul, colocando em risco a vida de outros.

Na rotatória com a rua Tiradentes, o condutor perdeu o controle o veículo, vindo a chocar-se contra o prédio da farmácia Pague Menos, causando danos materiais no prédio e no veículo.

 

equipe PM ao avistar a situação realizou os primeiros socorros nos envolvidos, o motorista (adolescente, 14 anos) e passageira, adolescente do sexo feminino, também de 14 anos de idade a qual foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros e conduzida ao Hospital Regional.

 

Perguntado ao adolescente sobre o veículo, o mesmo relatou que o carro estava parado no bairro Jardim Primavera com a chave na ignição e que pegou o veículo e convidou sua "namorada" para passear.

 

Diante dos fatos o adolescente foi conduzido à DP juntamente com o veículo, para os procedimentos legais.

 

Adolecente que dirigia carro roubado bate em uma conhecida farmácia na noite de ontém em Ponta Porã-MS, causando sérios prejuízos tanto ao dono da farmácia, como ao dono do veículo Corolla.

 

O irresposavel do sexo masculino disse que viu a chave na ignição e resolveu dar um "rolezinho" na cidade em companhia da namorada de 14 anos.

 

Dentro do veículo, foram encontrados, latinha de bebida alcoólica e energéticos. Por se tratar de menores, os mesmos já foram liberados.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários