Quarta, 12 de Agosto de 2020
+595 98274 5952
Dólar comercial R$ 5,41 -0.915%
Euro R$ 6,35 -1.37%
Peso Argentino R$ 0,07 -1.729%
Bitcoin R$ 65.204,29 +0.927%
Bovespa 102.174,4 pontos -1.23%
Economia economia

Repasses para a Saúde de Dourados já ultrapassam R$ 28,9 milhões em 2020

Hospital da Vida é uma das unidades que recebe o maior volume de recursos repassados pelo governo do Estado, por intermédio da SES

09/06/2020 22h02
259
Por: administrador Fonte: msemfoco
Repasses para a Saúde de Dourados já ultrapassam R$ 28,9 milhões em 2020

De 1º de janeiro a 31 de maio deste ano o Governo de MS, por intermédio da Secretaria de Estado de Saúde (SES), repassou para a saúde de Dourados o montante de R$ 16.790.569,63, para serem aplicados no custeio de serviços ofertados em unidades como Hospital Universitário, Hospital da Vida, SAMU, UPA, agentes comunitários de saúde e outros. Somando os recursos enviados para combate ao coronavírus (R$ 12.166.777,75), as transferências chegam a R$ 28.957.347,38.

Os valores investidos têm como objetivo melhorar a situação de atendimento médico no município que é polo de macrorregião e, sendo assim, recebe pacientes das cidades vizinhas. “É importante dar transparência a essas informações para que a população tenha ciência das iniciativas do Governo do Estado que têm sido tomadas antes e depois da pandemia em todos os municípios de Mato Grosso do Sul”.

 

Do total para custeio de serviços em saúde, nos cinco primeiros meses deste ano, o maior valor, R$ 5 milhões, foram destinados ao Hospital da Vida; R$ 4.061.475,00 foram repassados na cota parte da receita do FIS/Saúde; R$ 1.650.000,00 foram transferidos para custear serviços no Hospital Universitário; R$ 967,6 mil para incentivo ao Programa Estratégia de Saúde de Família; R$ 930,8 mil foram pagos a título de incentivo aos Agentes Comunitários de Saúde; e R$ 875 mil para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento).O Hospital Evangélico foi contemplado, no mesmo período, com R$ 462,6 mil; o SAMU (Serviço Móvel de Atendimento de Urgência) com R$ 368,3 mil; a assistência farmacêutica, com 216,2 mil; a área de saúde mental, com R$ 72 mil; incentivo à saúde no sistema penitenciário, R$ 63,9 mil; Missão Evangélica Caiuás, 67,1 mil; e o Centro de Especialidades Odontológicas (CEO), R$ 35,2 mil.

 

O governo do Estado, por meio da SES também está repassando ao Município de Dourados R$ 6 milhões, em seis parcelas de R$ 1 milhão, em forma de apoio estadual às ações em saúde. Esses recursos serão utilizados na prestação de serviços da área de saúde para moradores de Dourados e região, que incluem diagnóstico (ressonância nuclear magnética, tomografia computadorizada e ultrassonografia), diagnóstico terapêutico e a implantação de um serviço de transporte (ambulância UTI e recursos humanos) para atender a população indígena.

 

Especificamente para os custeios as ações de prevenção, contenção, combate e mitigação à pandemia do coronavírus já foram encaminhados ao município R$ 12,1 milhões. Deste total, R$ 830 mil são relacionados a emendas parlamentares. Por intermédio da Portaria 480/2020, do Ministério da Saúde, a Secretaria Estadual de Saúde enviou a Dourados de R$ 633.464,99; e pela Portaria 774, R$ 7.267.994,63, no mês de abril.No final de maio, mais duas portarias do Governo Federal foram divulgadas com valores específicos para as santas casas e hospitais filantrópicos, com unidades hospitalares estratégicas para combate à Covid-19.

Somando as duas publicações, o Hospital da Missão Caiuás está recebendo R$ 802,2 mil; o Hospital Evangélico, R$ 1,2 milhão; e o Hospital da Cassems, R$ 381,6 mil.Além de recursos financeiros, a Secretaria de Estado de Saúde encaminhou, para a Prefeitura de Dourados, 653 frascos de álcool em gel; 934 luvas; 700 aventais; 2200 máscaras; 650 toucas e 8.712 litros/álcool; para o Hospital da Vida e Hospital Universitário, foram encaminhados, para cada unidade, 12 mil luvas; 10 mil máscaras; 10 mil toucas 600 litros de álcool e 200 sapatilhas.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.