Segunda, 28 de Setembro de 2020
+595 98274 5952
Geral geral

Comércio de Ponta Porã não abrirá no feriado de 7 de setembro

O comércio estará fechado neste feriado nacional

05/09/2020 13h02 Atualizada há 3 semanas
395
Por: administrador Fonte: poranews
Comércio de Ponta Porã não abrirá no feriado de 7 de setembro

Ao contrário do que ocorrerá em Campo Grande e outros municípios do Estado, o comércio de Ponta Porã não abrirá na próxima segunda-feira, feriado de 7 de setembro, Dia da Independência.

Isso porque não houve interesse dos comerciantes, já que a maioria acredita que o custo/benefício não acrescentará resultados compensadores ,ao mesmo tempo em que com as lojas fechadas a categoria pretende contribuir com o processo de distanciamento social entre as pessoas, reduzindo os riscos de contágio pela Covid-19. 

As armações são do coordenador da comissão representante da Fecomercio/MS (Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Mato Grosso do Sul), Lucas Melo, ao ser consultado, na manhã dessa terça-feira (01) sobre o assunto.

Ele acrescentou que a comissão instituída pela Fecomercio/MS é decorrente da extinção do Sindivarejopp (Sindicato do Comércio Varejista de Ponta Porã), provocada por questões de insuciência nanceira. De qualquer forma, não ocorreu qualquer impedimento por parte do Sindicato dos Comerciários, que representa a categoria laboral. O que ocorreu foi consequência da falta de interesse dos lojistas. 

CAMPO GRANDE

Em Campo Grande, convenção coletiva de trabalho permitirá que as empresas do comércio varejista e atacadista abram as suas portas na próxima segunda-feira.

O documento foi rmado entre o Sindivarejo/CG (Sindicato do Comércio Varejista de Campo Grande), Fecomércio/MS e Sindicato dos Empregados no Comércio de Campo Grande. 

“Para isso, os comerciantes precisarão atender às determinações regulamentadas pelos decretos municipais, em razão da pandemia do Coronavírus, e cumprir as formalidades junto ao Sindicato dos Empregados” , explicou Fernando Camilo, gerente de relações institucionais da Fecomércio/MS.

As empresas interessadas em abrir no feriado precisarão informar ao sindicato até essa quarta-feira (02) por escrito e com protocolo, além do pagamento de R$ 15 por empregado. Para cada dia trabalhado, o empregado terá uma folga compensatória a ser concedida em no máximo 15 dias

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.